Técnica de enfermagem é a primeira pessoa vacinada contra a Covid-19 em Pernambuco

A técnica em enfermagem Perpétua do Socorro Barbosa dos Santos, de 52 anos, foi a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid-19, em Pernambuco, nesta segunda (18). Ela recebeu a dose em solenidade realizada no auditório Jaime Scherb da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Universidade de Pernambuco (UPE), no Centro do Recife.

A aplicação, simbólica, que foi transmitida pela internet deu início oficialmente a vacinação na cidade. A vice-prefeita Isabella de Roldão esteve na solenidade representando o prefeito João Campos, que cumpre isolamento social, pois foi diagnosticado com Covid-19. Acompanharam presencialmente o ato, o governador Paulo Câmara (PSB), a vice-governadora Luciana Santos (PCdoB), além do secretário de saúde, André Longo.

“Foi muito difícil ter que ficar longe de casa e da nossa família. Mas quando a gente tem vocação é assim mesmo, minha filha: veste a camisa do serviço e cuida dos pacientes pra salvar vidas. Agora tudo só tende a melhorar. É uma honra pra mim ser a primeira vacinada, representando os meus colegas. Vamos vencer a covid.”, declarou a técnica, após receber a dose.

A primeira dose da CoronaVac foi aplicada horas depois do primeiro lote do imunizante, contendo 270 mil doses, chegar ao Recife na noite desta segunda. Este primeiro lote de vacina é suficiente para vacinar 33,5 mil pessoas.

A Prefeitura do Recife iniciará a vacinação pelos profissionais de saúde da linha de frente da covid-19, além de idosos que residem em Instituições de Longa Permanência e os trabalhadores destas instituições. Ao todo 13 equipes volantes farão a vacinação nos postos de trabalho dos profissionais de saúde e nas instituições.

Além de Perpétua, também foram vacinados a auxiliar de farmácia Wanessa Correia, o técnico de laboratório Marcos Alexandre Correia, a enfermeira de UTI Joyce Mendes, o nutricionista Rodrigo Silveira, a fisioterapeuta Thatiana Vasconcelos, a enfermeira de saúde indígena Penha Atikum, da etnia Atikum, e o médico da UTI pediátrica José Carneiro Leão Filho.

Deixe uma resposta