Parcerias e temas transversais pautam almoço da vice-prefeita Isabella de Roldão com secretárias do Recife

A vice-prefeita Isabella de Roldão recebeu, nesta quarta-feira (3), as secretárias do Recife para um almoço em seu gabinete. Este foi o primeiro de uma série de encontros mensais destinados a estreitar o relacionamento com as gestoras e compartilhar os desafios comuns das mulheres na política. Segundo a vice-prefeita, a ideia é unir as competências femininas para trabalhar de forma conjunta, visando beneficiar toda a população. “Além de compartilhar a vivência no Executivo, constatamos que a maioria das pautas de todas as secretarias é transversal e que teremos muito a colaborar umas com as outras e com os demais secretários para desenvolver parcerias e políticas públicas”, diz Isabella de Roldão. 

Integração foi a palavra-chave usada pelas secretárias para descrever esse momento de aproximação. “Essa reunião feminina nos dá mais segurança em relação à continuidade do trabalho dentro de uma gestão que pela primeira vez no Brasil praticou a paridade de gênero na composição da administração do município”, afirma a Secretária de Trabalho e Qualificação Profissional, Adriana Rocha. Na opinião dela, os encontros servem para debater projetos conjuntos com possíveis interseções entre as pastas.

“Durante essas reuniões, a gente consegue encontrar os melhores caminhos para resolver as questões que vão surgindo, através da escuta atenta do que as outras pastas vêm desenvolvendo. Assim, podemos ter novas ideias para novos projetos e implantar as melhores práticas em cada secretaria”, pontua a secretária de Finanças, Maíra Fischer. 

No caso das políticas para as mulheres, a transversalidade das temáticas é total, apesar das especificidades da pasta, segundo a titular da Secretaria da Mulher, Glauce Medeiros. “A gente conversa sobre as dificuldades das secretarias e a vivência de uma termina ajudando na tomada de decisão da outra. É muito importante esse momento de troca de experiências”, reforça a secretária de Infraestrutura, Marília Dantas.  

A Procuradora Geral do Município, Giovana Ferreira, achou essencial o encontro para discutir problemas e conhecer dilemas em comum. “Debater as questões da cidade é ver de que maneira podemos construir uma solução eficiente”, frisa. “Somos profissionais que podemos estabelecer várias parcerias importantes para uma boa qualidade de vida na cidade do Recife. Cada vez mais vamos estreitando nossa relação, para podermos, juntas, estabelecer parcerias e conexões no trabalho diário de cada uma em sua área”, completa a Secretária de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos, Juventude e Políticas sobre Drogas, Ana Rita Suassuna. 

Já a secretária de Saneamento, Erika Moura, enfatiza a “excelente troca de energia” e “abertura de portas para uma interação mais próxima”.  “Esses encontros, mesmo que uma vez por mês, facilitarão o compartilhamento de projetos”, destaca, ainda, a secretária de Habitação, Maria Eduarda Medicis. 

Para a secretária de Saúde, Luciana Albuquerque, é sempre positivo intercambiar conteúdos e aprendizados que enriquecem a interdisciplinaridade entre as pastas. “As nossas pastas conversam entre si e, nesse momento, podemos nos conhecer e estreitar o relacionamento. São esses momentos que vão fortalecer o grupo para que a gente alcance nossos objetivos à frente da gestão”, finaliza a secretária de Turismo e Lazer, Cacau de Paula.

O aumento da participação feminina dentro da política faz parte de um processo de consolidação da democracia como um sistema plural e inclusivo. Neste sentido, o Recife desponta como a primeira capital com paridade de gênero em seu secretariado, sendo que cabe às mulheres a gestão de mais de 50% do orçamento previsto para a cidade em 2021.

Deixe uma resposta