Isabella discute projeto para a Primeira Infância na Comissão de Educação

Da gestação aos seis anos de idade, um intenso processo de aprendizado acontece no cérebro da criança. O período, chamado de primeira infância, já teve sua importância detectada por diversos cientistas e tem chamado a atenção daqueles que fazem as políticas governamentais do Recife.

A secretária de Habitação do Recife Isabella de Roldão (PDT) levou o tema para para ser discutido, na Câmara Municipal, o tema foi discutido nesta quarta-feira (18) durante uma reunião da Comissão de Educação, Cultura, Turismo e Esportes, que é presidida pela vereadora Ana Lúcia (Republicanos).

Isabella de Roldão falou sobre o projeto Pertencer, que busca aliar cidadania, atenção à primeira infância e empoderamento feminino em conjuntos habitacionais e comunidades do Recife. Atualmente, são atendidos pelo Pertencer os habitacionais Padre Miguel e Travessa do Gusmão, além da Zona Especial de Interesse Social (ZEIS) de Caranguejo Tabaiares.

Durante a reunião, um grupo de membros do Sindicato dos Professores Rede Municipal Recife (Simpere), bem como funcionários e usuários da creche municipal de Roda de Fogo, estiveram presentes para buscar informações sobre o possível fechamento da unidade. A comunidade deve ganhar, em breve, um novo Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI).

“São espaços voltados para a primeira infância, atendendo crianças de seis meses a seis anos que podem passar o dia integralmente conosco. O mais interessante é que não há como se discutir primeira infância sem discutir a questão de gênero. Estimulamos as mulheres que moram nas comunidades ou habitacionais que recebem o projeto a voltar a estudar”, disse a secretária. “Elas terminam o estudo regular e algumas fazem a opção por um curso profissionalizante de brinquedista. Elas têm aulas aos sábados e são contratadas pela Secretaria de Habitação, podendo colocar em prática todo o conhecimento do curso no espaço de convivência onde, muitas vezes, suas próprias crianças estão.”

Já durante a reunião plenária, na tribuna da Casa, Ana Lúcia também destacou os avanços da Prefeitura em relação à primeira infância e os esforços do seu mandato nas discussões sobre o plano sobre esse período da vida que deve ser lançado no Recife.

Deixe uma resposta