Dia Internacional das Mulheres com medidas para fortalecer políticas e ampliar os serviços para as mulheres da cidade

fotos: Brenda Alcântara

Neste 8 de março, a Prefeitura do Recife, através da Secretaria da Mulher, selou ainda mais o seu compromisso com as políticas públicas voltadas às mulheres. Parte das ações é direcionada ao enfrentamento da violência de gênero. Agora, o acolhimento às mulheres em situação de violência doméstica funciona 24 horas no Centro Clarice Lispector.

O serviço será também descentralizado para os Compaz Ariano Suassuna, no Cordeiro, Dom Hélder Câmara, na Ilha de Joana Bezerra, e Eduardo Campos, no Alto Santa Terezinha. O atendimento psicossicial e a assessoria jurídica estarão disponíveis também no Centro da Mulher Metropolitana Julia Santiago, no bairro de Brasília Teimosa. Ainda foram assinados dois decretos que instituem a Câmara Técnica de Enfrentamento à Violência contra a Mulher e o Núcleo Institucional de Mulheres Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transsexuais (LBT), que devem funcionar com o apoio de diversas secretarias.

Na área de empoderamento econômico, o prefeito João Campos enviou um Projeto de Lei à Câmara Municipal do Recife para transformar a Cooperativa de Mulheres Catadoras Palha de Arroz em entidade de utilidade pública. Dessa forma, a instituição é isenta de pagar impostos municipais, como uma forma de valorizar um trabalho de sustentabilidade sólido e necessário. São vitórias importantes para a promoção da igualdade de gênero.

Deixe uma resposta