Esperança de dias melhores

Foto: Brenda Alcântara

Uma data que vamos sempre lembrar: no dia 18 de janeiro de 2021 começamos a trilhar o caminho para vencer a covid-19 na nossa cidade e no nosso Estado. Foram oito profissionais de saúde vacinadas e vacinados em uma noite histórica, no auditório do Hospital Universitário Oswaldo Cruz, referência no atendimento a pacientes com coronavírus.

As frases da técnica de enfermagem Perpétua dos Santos, primeira a receber o imunizante, e as imagens do início da imunização no Recife não vão sair da minha mente tão cedo. Ao receber a vacina, Perpétua disse: “Foi muito difícil ter que ficar longe de casa e da nossa família. Mas quando a gente tem vocação é assim mesmo, minha filha: veste a camisa do serviço e cuida dos pacientes pra salvar vidas. Agora tudo só tende a melhorar. É uma honra pra mim ser a primeira vacinada, representando os meus colegas. Vamos vencer a covid.”

A técnica de enfermagem Perpétua dos Santos trabalha no HUOC há 30 anos, sendo 25 na UTI de doenças infectocontagiosas. Fotos: Brenda Alcântara

Também tive oportunidade de conversar com outros profissionais que receberam as primeiras doses da vacina no nosso Estado. Além de Perpétua, também foram contempladas e contemplados a auxiliar de farmácia Wanessa Correia, o técnico de laboratório Marcos Alexandre Correia, a enfermeira de UTI Joyce Mendes, o nutricionista Rodrigo Silveira, a fisioterapeuta Thatiana Vasconcelos, a enfermeira de saúde indígena Penha Atikum, e o médico da UTI pediátrica José Carneiro Leão Filho. As responsáveis por aplicar as vacinas foram a enfermeira Ileana Bernardes e a técnica de enfermagem Maria Lopes.

Todas e todos me disseram que estão orgulhosos do trabalho que realizaram, confiantes na ciência e otimistas com esse momento histórico. Mas lembraram também que ainda é preciso redobrar os cuidados até toda a população ser imunizada. Vamos continuar a usar máscara, higienizar as mãos e manter o distanciamento.

É tempo de esperançar, minha gente. Vamos juntas, vamos juntos superar esse desafio, com paciência e responsabilidade, cada uma e cada um fazendo a sua parte pelo bem de todas e todos.

Muita gratidão a todas e a todos.

Deixe uma resposta